Notícia – Região volta a se posicionar contra presídio – Clipping da Gazeta de Limeira

Assunto, já debatido anteriormente, volta a ser discutido por parlamentares da região

Cláudia Kojin

O presidente da Câmara de Iracemápolis, Donizete Aparecido Stein (PP) recebeu na última segunda-feira os vereadores de Santa Bárbara D’Oeste, Carlos Fontes (DEM) e Zeca Gonçalves (PV) para um encontro que discutiu a instalação do présidio em Limeira.


Segundo Stein, as duas opções apresentadas ao governo estadual pela Prefeitura de Limeira estão muito próximas aos dois munícipios. As áreas estão localizadas nas rodovias Iracemápolis-Santa Bárbara e/ou Limeira-Piracicaba. “Somos contra a instalação de uma unidade prisional nesses locais. Estamos preocupados com a segurança dos munícipes”, acrescentou.
Ele alega que as cidades, em média com 20 mil habitantes, não comportam a instalação de uma unidade prisional semiaberta para 2 mil presos, que saem no período da manhã e retornam apenas para dormir.
A proposta é realizar uma abaixo-assinado, ampliando a discussão aos moradores. “Assim que recolhermos as assinaturas nas duas cidades, vamos encaminhar ao governador Geraldo Alckmin”, afirmou.
Uma outra área localizada na rodovia Limeira-Cosmópolis também está sendo proposta, porém, o posicionamento dos parlamentares continua contrário.
Há 15 dias, a Câmara de Iracemápolis aprovou moção de apelo, pedindo estudo de outras áreas distantes dos municípios.
“Também vamos contatar deputados estaduais e federais para pedir apoio quanto a essa questão”, falou.
A palavra de ordem, segundo Stein, é unir forças para lutar contra a implantação do presídio em áreas próximas às cidades. “Já contamos com o apoio do prefeito Fábio Zuza (PSDB) e seus aliados políticos na Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados”, comentou.
O encontro ainda contou com a presença dos demais vereadores de Iracemápolis.

LIMEIRA

O prefeito Silvio Félix (PDT) informou ontem à Gazeta que não há motivos para a indignação dos parlamentares. “O presídio limeirense será construído na zona rural de Limeira. Longe de áreas urbanas do município e de cidades da região. Na Limeira-Santa Bárbara, caso a área seja escolhida, ficará a pelo menos 10 quilômetros de distância da zona urbana das cidades vizinhas”, explicou.
Félix disse também que os vereadores de Iracemápolis precisam se preocupar com outro presídio. “A unidade prisional que Piracicaba vai construir na Rodovia Deputado Laércio Corte fica mais próxima de Iracemápolis”, completou. Félix descartou qualquer área na Rodovia Anhangüera. “Lá é uma área nobre, destinada para empresas”, finalizou.

ESTADO

No início do mês, o governo estadual enviou ao município equipes técnicas para avaliar outras áreas na zona rural. Uma delas é na Rodovia Deputado Laércio Corte (SP-147/Limeira-Piracicaba). As rodovias Dr. Cássio de Freitas Levy (Limeira-Cordeirópolis) e Dr. João Mendes da Silva Júnior (SP-151/Limeira-Iracemápolis) chegaram a ser pesquisadas, mas foram rejeitadas em caráter definitivo.
A Rodovia Engenheiro João Tosello (SP-147/Limeira-Mogi Mirim) foi avaliada e não foi descartada, mas é considerada como última hipótese. Os técnicos analisaram ainda regiões próximas das estradas, que antes não tinham sido visitadas, e voltaram à SP-306, que liga Iracemápolis a Santa Bárbara D’Oeste, e à rodovia que liga Limeira a Cosmópolis. Essas duas últimas já haviam sido sugeridas pela Prefeitura. Desta vez, no entanto, outros terrenos instalados nessas vias foram pesquisados.

Publicado originalmente na Gazeta de Limeira de 25 de maio de 2011

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s